segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

NÃO GASTE DINHEIRO QUE AINDA NÃO TEM



Um dos maiores erros que as pessoas cometem é o de gastar o dinheiro que ainda não possuem. Sabe aquele ditado "contar com o ovo no rabo da galinha"? É exatamente isso que muitos fazem. E quantos caem num buraco sem fim justamente porque gastam "achando" que vão ter dinheiro pra pagar, mesmo sem parar para analisar se isso será mesmo possível?
Um erro muito comum para quem usa o cartão de crédito é achar que o limite do cartão pode ser usado em sua totalidade, esquecendo que o verdadeiro limite a ser considerado é o seu saldo bancário e não o "poder de compra" do cartão, afinal, é certo que o boleto virá para ser pago adiante e a empresa do cartão não está nem aí se você tem dinheiro ou não pra pagar. Aliás, se você pagar o mínimo será ainda melhor, afinal essa dívida crescerá assustadoramente... e aí você estará no caminho certo para o fundo do poço.
Então fique sempre esperto(a)!
Não gaste o que não tem.
Antes de comprar alguma coisa, pense sempre:
  • Eu realmente preciso disso?
  • Se preciso, tem mesmo que ser agora?
  • Eu tenho dinheiro para pagar isso a vista?
  • Se eu comprar parcelado, o que eu já tenho de dívidas, se somado a esta nova compra, pode arruinar meu lado financeiro?
É isso. A educação financeira não veio para transformar tudo mundo em pessoas avarentas, muquiranas, que não curtem as coisas boas da vida, muito pelo contrário, o que nós, educadores queremos é que todos possam curtir a vida, sem se arrepender logo em seguida ou logo que o correio entrega as faturas.
Boa sorte!
Sandro Mattos - Educador Financeiro Comportamental

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário.